Quinta-feira, 14.04.11

Há coisa de 1 ano estava com uns 80 kg... e fui ás compras ao continente. Comprei um saquinho com 5 cuecas tamanho M, fio dental. Fechado... não se podia abrir... É claro que o M estava fora das minhas possiblidades, ou melhor o meu corpo nunca podia ser contido pelas cuecas de tamanho M... aí um L já era bom...

 

Trouxe-as para casa e guardei-as na gaveta sem sequer abrir a embalagem.

 

É que eu tenho estas manias... compro coisas mas não consigo usá-las logo... tenho de me habituar a tê-las! tenho de olhar muito para elas, imaginar o que combina com essa peça, onde é que vou com ela. Se for uma blusa tenho de descobrir que sutian devo vestir com essa blusa, se uso body ou não, saia ou calças, sapatos... sempre com salto, obviamente!

 

Visto-a e dispo-a em casa pelo menos 1 vez por semana, consoante as medidas da fita métrica ou o n.º da balança e um dia lá me resolvo a vestir/usar essa peça.

 

Sobre as tais cuecas fio dental... com 80 kg nem pensar... apontei para os 75 kg... a ilusão, ai a ilusão... mas quando vimos dos 89 kg chegar aos 75 kg é um patamar que tem de ser celebrado!!! E por isso lá fui á gaveta e abri o pacote! Por fora dizia tamanho M, mas dentro... eram 2 cuecas M e 3 no tamanho S.

 

E nenhuma, nem as tamanho M passa pelas minhas enormes coxas, quanto mais subir e alojar-se no sitio certo... LOL

 

Para mim esse dia foi um drama. Fechei o pacote, tapei-o com outra roupa e "esqueci-me" das cuecas. Quando cheguei a novembro, com menos de 70 kg... abri o pacote e vesti-as todas!

 

Hoje vesti umas cuecas da H&M, tipo asa delta, porque vesti o tal vestido e sentia-me estranha com um vestido e fio dental! Coisas de tótó...

 

Fui ao ginásio de manhã (ai, ai, ai... aulas com o Helder matam-me... mas saõ tão boas!) e agora fui buscar roupa interior á minha gaveta e salta-me para a mão umas cuecas dessas que vos falei e lembrei-me daquilo que passei para desde o momento que as comprei ao momento de as vestir!

 

E dei por mim a pensar em todas as coisas que me aconteceram neste último ano, especialmente as ligadas ao meu corpo! Passei de uma cintura de 112 cm para uns meros 88 (obviamente que ainda não está aceitável... mas são quase 30 cm a menos); uso o 44 algumas vezes mas o 42 está-me bem e nem penso em comprar mais nada desse n.º... agora já só compro o 40... é para me incentivar!; uso brincos, pulseiras, alguns colares, e ás vezes até uso baton (UAUUUU!!!); voltei a gostar de me ver nos espelhos das lojas e quando vejo fotos minhas ainda me passo...

 

Acreditam que estou sempre a dizer ao meu marido "nem imaginava que o meu rabiosque fosse tão giro" ou "belo decote"??? ás vezes nas lojas tenho de voltar atrás e ver-me novamente porque nem acredito que aquela rapariga seja mesmo eu! E agora vocês estão a pensar "esta gaja pensa que é a rainha da cocada preta"! Nada disso! Eu estou é orgulhosa de mim mesma, estou maravilhada com tudo o que consegui fazer, porque já não imaginava que era capaz de ser "bonita"... estava resignada a ser "uma mulher gorda"...

 

O meu corpo era 49% de gordura... hoje é 37% de gordura!

E cada vez mais tenho músculo... e adoro sentir o meu corpo a Trabalhar. O exercício não é uma tarefa, não é uma obrigação é o meu momento ZEN, só meu.

 

Já não estou obsecada com o peso a atingir... adorava ter 55 kg dentro de 1 ano, mas também adorava ganhar o Euromilhões. Não são sonhos impossíveis... a probabilidade de isso acontecer é que é diminuta... mas se não jogar não posso ganhar.

 

E se não ganhar o 1.º prémio? Posso ganhar o 2.º ou o 3.º!

Se não atingir os 55 kg, se não concretizar este sonho vou atingir os 65 kg, os 62 kg, quem sabe 64 kg. Posso deixar de ser obesa com 64 kg! Passar a ter excesso de peso mas com um corpo tonificado, um corpo que faz o melhor por mim, que me permite andar, correr, jogar e brincar com os meus filhos, que tem melhores reflexos e que vai fazer a diferença no meu nível de bem estar, físico e mental.

 

Hoje estou orgulhosa de mim e grata por ter esta claridade mental. O peso não formava só uma barreira de gordura também era uma barreira para o meu diálogo interior. Estava gorda e infeliz, infeliz porque estava gorda e gorda porque estava infeliz e enquanto estava mergulhada nessa infelicidade deixei de pensar... nunca mais me questionei sobre quem era era, ou o queria ser... agia por instinto e afogava-me em comida!

 

Hoje posso chorar mais mas também vivo mais... e se choro não é por coisas de hoje é pelo antes, sinto pena de mim mesma como se houvesse 2 pessoas dentro de mim, eu antes e eu hoje. Custa-me acreditar que aquela pessoa era eu... com tanto para ser feliz não sei porque andava a escolher não o ser!

 

Eu sou feliz! Eu escolho a felicidade, escolho dar o meu melhor, apreciar tudo o que Deus me trouxe, que me traz todos os dias.

 

Um abraço a todas com especial atenção á Lilith. Adorei! 3km em 23 minutos! Estou orgulhosa de ti.

 

Sofia

publicado por 80nuncamais às 13:05 | link do post | favorito
borboleta azul a 15 de Abril de 2011 às 11:34
gostei muito do teu post, e tens motivos de sobra para estares orgulhosa de ti.
muitos parabéns
beijos

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

favorito

...

últ. comentários
Estás como eu... aumenta, aumenta, aumenta... não ...
Rita - envie-me o seu mail e terei o maior prazer ...
As sementes de Chia podem encontrar-se em qualquer...
Onde compram as sementes de chia?
Bom dia!Gostaria de lhe fazer algumas perguntas so...
Gostei do que li, mas tem de ser mais animado. Que...
Bom diaA sua receita é muito boa mas cuidado com a...
A dor...Escrever faz bem. Não passa, não apaga nad...
Já experimentei receita parecida, fica muito bom n...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds